Economia Portuguesa

A Recuperação da Economia em Portugal

Segundo dados recentes de Junho de 2021(*), é expectável que a economia portuguesa cresça 4,8% em 2021, acima do projetado anteriormente, apontando para expansões de 5,6% em 2022. Com estas novas projeções, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) é revisto em alta em 0,9 pontos percentuais em 2021 e em 0,4 pontos percentuais em 2022, face às anteriores previsões de março, estimando-se que a recuperação da economia seja ao nível de 2019 na primeira metade de 2022. Esta revisão realizada no final do primeiro semestre de 2021 pelo Banco de Portugal, teve em consideração as "perspetivas mais positivas para a atividade no curto prazo, essencialmente relacionadas com a melhoria da confiança dos agentes económicos, que se traduz numa reação mais rápida do que esperado da atividade económica ao levantamento das restrições a partir de março de 2021". De acordo com os indicadores, a recuperação da economia é "impulsionada no segundo trimestre de 2021 pela procura interna, em particular pelo consumo privado". Contudo, no segundo semestre de 2021 e em 2022, "o contributo das exportações é mais significativo", refletindo a recuperação na componente dos serviços. Refira-se ainda que segundo o Governo, o crescimento económico em Portugal poderá chegar a 5% este ano, acima dos 4% esperados no Programa de Estabilidade (**) .

O Mercado Imobiliário em Portugal

Relativamente ao setor imobiliário, de acordo estudos recentes, uma ainda escassa oferta de produto novo deverá assegurar uma certa estabilidade no mercado imobiliário ao longo de 2021, embora possamos assistir a uma ligeira queda nos preços, a qual deverá ser mais acentuada no produto de segunda mão. Os segmentos residenciais do setor imobiliário em Portugal mais dependentes do mercado estrangeiro deverão continuar a ser penalizados.

 

Perspetivas no mercado imobiliário

Em 2021, mais do que a situação sanitária em si, será o impacto da pandemia de COVID-19 na economia e a capacidade de manter os empregos que vão regular as vendas. Embora neste contexto seja muito difícil fazer previsões, é expectável que os níveis de transação no mercado imobiliário sejam idênticos aos de 2020, isto é, cerca de 165.000 casas vendidas.

 

À semelhança do que se observou ao longo de 2020 o produto de gama alta e luxo deverá também manter uma procura elevada. A oferta, poderá manter-se abaixo da procura, por um conjunto de fatores:

 

  • atrasos no licenciamento na maioria das câmaras municipais nacionais;
  • maior dificuldade na obtenção de crédito à construção.

 

Simultaneamente, estudos de consultoras nacionais e internacionais destacam Lisboa como uma das capitais do mundo onde o preço das casas continuará a subir.

 

Por último, importa sublinhar que a prestigiada revista “Monocle” divulgou o seu ranking de cidades com melhor qualidade de vida, tendo Lisboa ficado em sétimo lugar. Após o hiato de um ano devido à COVID-19, em 2021 a capital portuguesa volta a estar entre as cidades mundiais com as melhores qualidades para se viver.

 


(*)  Ver anexo aqui
(**) Consultar programa aqui

Conheça os nossos empreendimentos disponíveis para venda

A Vanguard Properties é um dos maiores promotores imobiliários em Portugal, com mais de 20 projectos em portefólio, divididos em 989.259 m2 acima do solo, em Lisboa, Algarve, Oeiras e na Comporta e com um volume de investimento de 1 147 milhões de euros.

Explore o Portfólio
A'Tower Vistas Panorâmicas - Vanguard Properties

A'Tower

Sinta a Energia Vibrante de Lisboa
Explorar
Sala de Estar | Infinity

Infinity

Para Além de Todos os Seus Desejos
Descubra